profile cover
14.95%
Compartilhar

Criado em 06/09/2018

Marcelo Ottoni Nepomuceno

Cargo Pretendido:
Deputado Distrital - DF

Filiação Partidária:
PV

Dias restantes

-351

R$ 9.300,00
Objetivo
R$ 1.390,00
Arrecadado

Contribuir

Por que quer ser candidato?

Para mudar a realidade e fazer a diferença na vida das pessoas, como propósito e missão de vida, pelo trabalho coletivo, colaborativo, inspirado no Programa do Partido Verde.

Pautas e bandeiras defendidas

> Meio Ambiente e Sustentabilidade
> Lago Paranoá e Recursos Hídricos
> Cidadania e Amor Brasília
> Esporte, Saúde e Qualidade de Vida
> Juventude e Tecnologia
> Responsabilidade Socioambiental Empresarial

Propostas

CIDADANIA – AMOR por BRASÍLIA

Consideramos Brasília uma representação simbólica de extrema importância para o nosso país, não apenas por ser a capital e o centro do poder, mas principalmente pelo conjunto de culturas que a criaram e de pessoas que a mantém viva. Para nós, Brasília deve ser o polo irradiador de boas práticas no poder público e de resgate do civismo e da cidadania.

Para tanto, entendemos ser fundamental:

1. Estimular ações capazes de promover o controle social, a transparência na gestão pública e métodos que possibilitem a participação popular nas decisões governamentais e legislativas, com a retomada dos princípios da Democracia Pura;

2. Incentivar a Cultura de Paz, o exercício da cidadania, a educação para valores éticos e cívicos (possibilitada pelo turismo cívico) e o voluntariado como ferramenta de estímulo à solidariedade;

3. Ter compromisso e respeito com o bem público. Ética, para nós, não é diferencial de atuação e sim pré-requisito essencial que deve compor o caráter de quem se propõe a assumir qualquer cargo público;

4. Ouvir a sociedade civil, organizada ou não, em decisões de relevância para o futuro do Distrito Federal;

5. Atender as recomendações da Unesco de assegurar que as características originais, o espírito e a escala do projeto desenhado por Lúcio Costa, que garantiram a inscrição na lista do patrimônio mundial, sejam contemplados no Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília (PPCub);

6. Estimular iniciativas pautadas pelos conceitos de cidades sustentáveis e que fortaleçam a cultura da sustentabilidade;

7. Promover a revitalização de espaços públicos, em especial a W3 Sul e Norte, bem como a área central do Plano Piloto;

8. Combater com eficiência e vigor as invasões de áreas públicas.

ESPORTE, SAÚDE & QUALIDADE DE VIDA

O sedentarismo é uma das principais causas de doenças, baixa autoestima e baixa qualidade de vida. Desenvolver mecanismos de estímulo à prática esportiva e ao uso de meios não motorizados de transporte ajuda não só o indivíduo, mas também a própria dinâmica de funcionamento da cidade. Redução da violência, inclusão social, aumento da saúde e do bem-estar, além da diminuição de gastos com saúde pública, são apenas alguns dos benefícios que podemos

Brasília, considerada a “Capital do Esporte”, possui diversos atributos naturais, físicos, climáticos e institucionais para ser uma referência nacional no tema.

Para contribuir com os preceitos citados, defenderemos:

1. A instalação de racks para transporte de bicicletas em ônibus;

2. A ampliação, a manutenção e a integração de ciclovias com outros meios de transporte no Plano Piloto e em todas as Regiões Administrativas;

3. O cumprimento da lei distrital que estabelece que novas rodovias possuam ciclovias, dentre outras legislações correlatas;

4. A criação de bicicletários e vestiários em órgãos públicos distritais e locais de grande movimento de pessoas;

5. O incentivo aos esportes não convencionais, outdoor’s e de aventura, bem como ao turismo de aventura e esportivo;

6. A utilização de práticas esportivas como ferramenta de inclusão social;

7. A adoção dos indicadores da Felicidade Interna Bruta – FIB para avaliação do desenvolvimento da cidade.

JUVENTUDE & TECNOLOGIA

Os jovens desempenham um papel de extrema relevância no desenvolvimento de qualquer nação. As ferramentas tecnológicas podem ser importantes instrumentos para potencializar a capacitação e a inserção das novas gerações na sociedade. Pensar de forma coordenada as políticas públicas para a juventude e para o avanço da tecnologia é caminhar na direção de um futuro de Países desenvolvidos possuem o setor de serviços como principal agente econômico e a tecnologia pode contribuir significativamente para a qualidade de vida e aumento de empregabilidade.

Para contribuirmos com a concretização de tais oportunidades, iremos:

1. Cobrar a instalação de WIFI gratuito e rápido para todas as regiões administrativas;

2. Apoiar a implementação de Telecentros e espaços de CoWorking;

3. Promover a Educação Básica de qualidade, integral e focada nos conceitos de sustentabilidade;

4. Estimular a Educação à Distância e o Ensino Técnico e Tecnológico;

5. Fomentar o empreendedorismo como ferramenta de geração de trabalho e renda;

6. Estimular o protagonismo juvenil com a valorização de Centros Acadêmicos, Diretórios Centrais de Estudantes, Conselhos de Juventude e outros espaços de atuação política.

LAGO PARANOÁ & RECURSOS HÍDRICOS

Água, para nós, muito mais do que um Recurso Hídrico, é fonte de vida e elemento central para nossa existência. A ONU preconiza que os direitos à água (potável e de qualidade) e ao saneamento devem ser assegurados pelo poder público. Em nossa capital, a aridez do clima, que é amenizada pelo Lago Paranoá – uma das mais qualificadas representações do elemento água, reforça a importância do tema para a qualidade de vida.

Para assegurar a preservação do Lago Paranoá, o seu uso de forma segura e saudável, o abastecimento hídrico eficiente e sustentável da sociedade, defenderemos:

1. A democratização do acesso ao Lago e a implantação de equipamentos públicos na orla;

2. O estímulo a práticas esportivas, de lazer, entretenimento e de turismo náutico, na orla e no espelho do Lago, com respeito a normas de segurança;

3. O reconhecimento das iniciativas e propostas dos Comitês de Bacias;

4. A utilização do Lago para atividades de educação ambiental;

5. A proteção das nascentes, do cinturão verde do DF e a recuperação de áreas degradadas como necessidade fundamental para a existência futura do Lago;

6. O combate tempestivo, rigoroso e eficiente às invasões e destruição de áreas verdes.

MEIO AMBIENTE & SUSTENTABILIDADE

Apesar de ter virado clichê, o tema Sustentabilidade não pode ficar de fora de nossa pauta de compromissos. Entendemos que o ser humano é parte importante do “Meio Ambiente” e integrar os aspectos social, ambiental e econômico é importante para pensarmos caminhos capazes de promover o desenvolvimento sustentável. Mais ainda, compreender que toda forma de vida tem seu valor é um dos nossos princípios básicos de atuação.

Para tanto, vamos defender os seguintes valores e práticas em nossa atuação:

1. Ampliação, criação, manutenção e revitalização de áreas verdes (parques, unidades de conservação, conectores ecológicos);

2. Monitoramento da qualidade do ar e autuação rigorosa de poluidores;

3. Adoção dos princípios do poluidor-pagador e o estímulo à não utilização de recursos como pets e plástico, em favor de embalagens retornáveis;

4. Respeito aos animais;

5. Produção de alimentos orgânicos, bem como seu uso na alimentação escolar da rede pública, e moratória aos agrotóxicos;

6. Estímulo às atividades de Permacultura, Ecocidadania ,Ecoturismo e Educação Ambiental;

7. Investimento em ações de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais, com o fortalecimento da estrutura de pessoal para o enfrentamento e a punição efetiva em casos de infrações;

8. Integrar os diferentes meios de transporte, valorizando os coletivos e públicos, é condição crucial para que o trânsito de Brasília literalmente não pare, como preveem alguns especialistas;

9. Investimento em transporte público rápido, barato, de qualidade, integrado e com uso de energia limpa.

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL EMPRESARIAL

A ação integrada entre os diferentes setores, governos, empresa e sociedade é pré-requisito para o desenvolvimento sustentável das cidades. Desenvolver medidas que facilitem essa integração e estimular a valorização de práticas ecoeficientes é responsabilidade não só do poder público, mas de todos.

Para fomentar a adoção de tais práticas, iremos lutar pelo (a):

1. Fortalecimento de iniciativas de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA);

2. Adoção das práticas da Agenda Ambiental da Administração Pública (A3P) por todos os órgãos governamentais instalados no DF;

3. Formalização e profissionalização das cooperativas, em especial as de catadores de materiais recicláveis;

4. Implantação da Coleta Seletiva em todas as RA’s do DF, de forma eficiente, elevando
substancialmente a quantidade de material reciclado;

5. Disseminação de iniciativas de Consumo Consciente.




Histórico

Brasiliense, filho de pai paraibano e mãe mineira, 39 anos, pai de uma jovem de 17, que é a inspiração e a motivação para o ativismo político.

Na Capital Federal graduei em Turismo, justamente numa cidade com pouca tradição turística à época e, não satisfeito, busquei novos conhecimentos e experiências na Universidade do Vale do Itajaí – Univali, em Balneário Camboriú (SC), no curso de Turismo e Hotelaria. Atuei como Diretor de Esportes e Lazer do Centro Acadêmico, criado durante o curso na União Pioneira de Integração Social – Upis e me especializei na área de Recursos Humanos

Entrei para o mercado de trabalho como profissional no setor de vendas a varejo em 1996 e, posteriormente, em 2000, fui aprovado no concurso do Banco do Brasil. Como servidor público, iniciei exercendo o cargo de caixa executivo na Agência de Santa Cecília (SC). A partir daí, foram diversas experiências em áreas como Secretaria Executiva do Conselho Diretor – Secex, Diretoria Gestão de Pessoas – Dipes, Diretoria de Relações com Funcionários e Responsabilidade Socioambiental – Dires, Gerência Regional de Gestão de Pessoas – Gepes Brasília e Diretoria Estratégia e Organização – Direo, em diferentes funções como assessor júnior, assessor pleno, assessor ue, analista pleno, gerente de núcleo da área de planejamento e comunicação da presidência, mapeador de competências e chefe do cerimonial.

No BB foram desenvolvidos alguns projetos sociais e representativos, como a implementação do Núcleo do BB Educar na Presidência do Banco, para alfabetização de servidores terceirizados, exercício da presidência da ong Comitê Solidariedade, líder do Comitê de Desenvolvimento Profissional e Coordenador de Equipe de Comunicação e Autodesenvolvimento - Ecoa.

Fui eleito assessor de saúde e qualidade de vida da Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil – ANABB e, posteriormente, fui requisitado para participar do Governo do Distrito Federal, especificamente na extinta Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente – Seduma e na Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos – Semarh. Fiquei por 3 anos cedido ao Jardim Botânico de Brasília – JBB, ocupando a função de Diretor Adjunto, cargo exercido em conjunto com as funções de Ouvidor do órgão e Presidente da Comissão de Elaboração de Projetos Básicos e Termos de Referência.

Sou professor da Faculdade Senac, Graduação e Pós Graduação, nas disciplinas Empreendedorismo, Ética Profissional e Desenvolvimento Sustentável, Qualidade na Prestação de Serviços, Comercialização e Atendimento, Gestão de Serviços e Estratégia de Vendas, e Planejamento de Marketing e Vendas. Atuei, também, como coordenador das empresas juniores de Taguatinga – Crescimax e do Plano Piloto – Alumni, da referida Instituição.

No Partido Verde, desde 2005, atuo como Secretário de Diretoria Humanos do DF, tendo o exercido o cargo de Secretário de Juventude durante anos. Em 2006 lancei a primeira candidatura para Deputado Distrital, repetida em 2010 e fortalecida em 2014. Saímos de 799 votos na primeira para 2.679 na última. Conceituo a própria candidatura como uma forma de estimular as pessoas a se envolverem no processo político, no exercício de sua cidadania, demonstrando que é possível desmistificar o paradigma de que todo político é corrupto. Acredito numa disputa ética, moral e criativa, independente de volumosos recursos financeiros, capaz de concretizar a ideia de participação democrática no sistema político do Distrito Federal.

Em 2013 tive a gratificante oportunidade de idealizar, criar e executar o Movimento #ocupeolago que, trabalhando de forma permanente, dentre outras conquistas, conseguiu envolver mais de 5.000 pessoas em prol do Dia Mundial da Água. De forma simultânea, em diferentes locais do Lago Paranoá, procuramos conscientizar os ocupantes da importância do seu uso sustentável e, como instrumento pedagógico, plantamos árvores nativas e retiramos mais de 50 toneladas de resíduos de dentro do Lago, nas margens e no espelho d’água. No auge do evento, que está em sua 6ª edição, ocorre um grande abraço simbólico ao principal cartão postal da Capital Federal, com a participação de caiaques, canoas havaianas, pranchas ou, simplesmente, nadando.

Como atleta amador, alimentando uma grande paixão pelas atividades de longa duração e de aventura, como maratonas e ultramaratonas, de canoa havaiana, triathlon, mountain bike, natação, skate longboard, entre outras, fui incentivado a levar esta mesma persistência na busca de uma melhor qualidade de vida para nossos cidadãos.

Enfim, se eu pudesse me definir em poucas palavras, levando em consideração a experiência adquirida enquanto governo, iniciativa privada e sociedade civil organizada, utilizaria as palavras: “Ativista do Bem”.

Siga-me nas redes sociais


Transparência


CPF Doador Valor Forma de Pgto. Data Pgto.
688.214.681-00 Humberto Araque Dos Santos R$ 200,00

Cartão de Crédito

28/08/2018
329.684.001-00 Edemir De Medeiros Araujo R$ 300,00

Cartão de Crédito

28/08/2018
704.772.051-00 Diego Estrela Leal R$ 100,00

Cartão de Crédito

28/08/2018
938.992.541-04 Renato Ottoni Nepomuceno R$ 500,00

Cartão de Crédito

22/08/2018
012.788.421-10 Luciana Ottoni Nepomuceno R$ 90,00

Cartão de Crédito

16/08/2018
857.428.721-00 Fioravante Mieto Neto R$ 100,00

Cartão de Crédito

14/08/2018
005.005.729-41 Luana Zolet Nepomuceno R$ 100,00

Cartão de Crédito

13/08/2018